Pelo Nordestão, SBT pagou menos da metade do que EI pediu à Globo

Após três meses de negociação com o Esporte Interativo, detentor dos direitos da Copa do Nordeste, o SBT bateu a concorrência e transmitirá o principal torneio regional do país em 2018. Para isso, pagou menos da metade do que a emissora do grupo Turner havia pedido à Globo, que transmitiu o Nordestão para Bahia, Pernambuco e Ceará até este ano.

Segundo apurou a reportagem, o Esporte Interativo havia pedido em torno de R$ 10 milhões à emissora da família Marinho pelos direitos de 2018. Ao SBT Nordeste, que se organiza num comitê das TV`s afiliadas, vendeu por menos de R$ 5 mi. A Record também entrou no páreo, mas ficou pelo caminho.    Apesar do montante modesto para os padrões do mercado à primeira vista, o acordo vai além da simples transmissão das partidas.

Um dos acertos é que o Esporte Interativo terá um espaço de 30 minutos semanais na grade das afiliadas do SBT no Nordeste. Ainda não está definido como deve ocupá-lo, mas é possível que não se restrinja à Copa do Nordeste, à Copa do Nordeste, ampliando seu público para produtos como a Liga dos Campeões.

São dez afiliadas no total, distribuídas em oito estados, porque Pernambuco e Paraíba têm duas cada. Sergipe é o único dos nove estados nordestinos que não tem afiliada do SBT e não terá transmissão na TV aberta da Copa do Nordeste.

Para além do contrato, há conversas para que o SBT transmita a final do Nordestão em rede nacional. As tratativas estão apenas no início, mas é possível que a decisão seja transmitida em todo o país a depender da expressão dos  clubes envolvidos e da perspectiva de audiência, por exemplo.

Esse conjunto de acertos e conversas ajuda a explicar por que o grupo Turner optou pela escolha: além de comercializar um de seus principais produtos, ganhará audiência e abrangência numa região do país em que investe bastante, mas onde está fora da TV aberta. Embora muitos telespectadores nordestinos assistam ao Esporte Interativo via antena parabólica, as afiliadas do SBT abrirão espaço nas camadas mais populares da audiência que não têm acesso à TV por assinatura.

PB Esportes com UOL

Roberto Oliveira* Colaboração para o UOL, em Recife

*Colaborou Eduardo Ohata

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem citar a fonte PB Esportes.

Textos, fotos, artes e vídeos do PB Esportes estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

PB Esportes – Há 5 anos fazendo a melhor cobertura com credibilidade. #EuMeLigo #No #PBEsportes5anos!

Envie informações à Redação do PB Esportes por meio do Whatsaap através do telefone (83)996550823.

Deixe um comentário