PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
jhony-bezerra-publicidade2

O Ferroviário-CE está mais perto do título do Campeonato Brasileiro Série D. O time cearense recebeu o Treze-PB pelo primeiro jogo da final na noite desta segunda-feira, no estádio Castelão, em Fortaleza-CE, e venceu pelo placar de 3 a 0. Os gols da partida foram marcados por Janeudo, Edson Cariús e Robson Simplício.

Com o resultado em casa, o Ferroviário poderá até perder por dois gols de desvantagem no confronto de volta, que acontecerá no estádio Amigão, em Campina Grande-PB, às 18h30 do próximo domingo. O Treze precisará vencer por três gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou por mais que isso se quiser o título no tempo normal.

A dupla já está confirmada na Série C de 2019, junto com São José-RS e Imperatriz-MA. O Ferroviário disputou pela primeira vez o torneio em 2009, enquanto a equipe paraibana esteve pela última vez em 2015. Este é o segundo acesso do Treze no torneio, que já havia subido em 2011.

O Jogo

O Ferroviário mostrou que estava em casa desde os primeiros minutos e conseguiu as melhores oportunidades, enquanto o Treze encontrava dificuldades na transição para o campo de ataque. A primeira boa chance do jogo foi do Ferrão. Edson Cariús bateu firme da esquerda e Mauro Iguatu espalmou. O goleiro do Galo fez milagre aos 18 minutos, defendendo cabeçada à queima-roupa de Luis Soares. A bola ainda bateu no travessão antes da zaga tirar.

O goleiro do Treze não conseguiu evitar o primeiro gol adversário aos 23 minutos. O artilheiro Edson Cariús fez grande jogada e ajeitou para Janeudo, que acertou um bom chute da entrada da área e tirou o zero do marcador. O Galo da Borborema respondeu aos 26 minutos, em chute de longa distância de Marcelinho Paraíba. Gleibson salvou o Ferrão. As chances claras diminuíram e o duelo foi para o intervalo com a vantagem de 1 a 0 para os mandantes.

O Ferroviário já voltou dos vestiários assustando. Logo após a saída de bola, Edson Cariús tentou finalizar da pequena área, mas a zaga afastou. A pressão seguiu. O atacante cabeceou firme na cobrança de escanteio e a bola passou perto. Aos 3, mais uma de Cariús. O chute cruzado do atacante pegou na rede pelo lado de fora.

O Treze só foi responder aos 8 minutos, quando Ceará fez boa jogada e tocou para Marcelinho Paraíba levantar na área, mas ninguém do time chegou a tempo. Aos 11, mais chegada do Galo. O camisa 10 Marcelinho cobrou falta de longe e o goleiro espalmou. A pressão seguiu. Aos 14, Leandro Love carimbou a trave do Ferroviário e quase empatou.

Mas, quem não faz, leva, já dizia o ditado. Aos 20 minutos, Luis Soares fez grande jogada pela esquerda e levantou para Edson Cariús fazer o que faz de melhor. O atacante cabeceou para o chão e a bola morreu no fundo das redes. 2 a 0 Ferrão. Após substituições, o Treze assustou em lance de perigo aos 31 minutos, mas Gleibson salvou.

Mas o time visitante foi castigado aos 32 minutos. Silva levantou a sola para Edson Cariús e acertou a barriga do adversário, levando cartão vermelho direto. Com um a mais, o Tubarão da Barra aproveitou para buscar o terceiro. Aos 40 minutos, Robson Simplício recebeu e bateu colocado. A bola desviou na zaga e não entrou. Persistente, Simplício aproveitou vacilo da zaga aos 41 minutos e saiu com o campo aberto, apenas batendo colocado para fazer 3 a 0 e fechar a conta.

PB Esportes com Futebol Interior

Foto: Pedro Chaves/Federação Cearense de Futebol

Áudios: rádio Verde Mares