Interventor cancela Assembleia que escolheria presidente da FPF

Até então, existia uma Assembleia Geral Eletiva, marcada por Nosman Barreiro, presidente afastado da FPF, para o dia 1º de setembro, porém alguns times protestaram, pedindo a anulação do ato, alegando que alguns prazos do edital haviam sido descumpridos. Logo após as reivindicações dos clubes, o então presidente foi afastado de sua função pelo prazo de 60 dias.

A partir daí, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), determinou uma intervenção na FPF, que está sendo conduzida por João Bosco Luz. Ele teria pouco menos de um mês para organizar a Assembleia com os clubes, mas nesta terça-feira (21), decidiu cancelá-la, até que uma nova data seja marcada.

Confira a nota:

“A Federação Paraibana de Futebol (FPF) comunica o cancelamento do Edital de convocação de Assembleia Geral Eletiva que previa a eleição para o dia 1º de setembro. A medida foi tomada pelo interventor João Bosco Luz e busca um maior aprimoramento para a realização do pleito. Quando definida, a nova data será divulgada em nota no site da Federação.”

Foto: Raniery Soares/Jornal Correio

Gabriel Botto, do Portal Correio

 

Envie informações à Redação do PB Esportes por meio do Whatsaap através do telefone (83)996550823.

Deixe um comentário