Félix Braz assume a presidência do Campinense

O afastamento imediato do presidente do Campinense, por parte da Justiça, fez com que o vice-presidente Félix Braz de Lucena Neto, 60 anos, conhecido por Felinho assumisse o comando do clube rubro negro na tarde da última segunda-feira.

Simões foi afastado do cargo pela juíza Andréa Galdino, da 4ª Vara Criminal de João Pessoa, que acatou a denúncia oferecida pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) contra o dirigente do Campinense nas investigações da Operação Cartola.

Em entrevista ao PB Esportes, Felinho disse que caso William Simões não consiga reverter essa situação na justiça, ele pretende cumprir o mandato até dezembro de 2019 e que vai manter Francisco Diá no comando técnico da Raposa.

Envie informações à Redação do PB Esportes por meio do Whatsaap através do telefone (83)996550823.
Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem citar a fonte PB Esportes. Textos, fotos, artes e vídeos do PB Esportes estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Deixe um comentário