jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO

O julgamento do ex-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), foi adiado mais uma vez. O julgamento foi adiado a pedido da defesa do réu. A sessão aconteceu na tarde desta quinta-feira (29), no pleno do STJD, no Rio de Janeiro.

A defesa de Amadeu Rodrigues pediu que fossem incorporadas ao processo novas provas e também a inclusão do depoimento de outras testemunhas solicitadas pelo ex-mandatário da FPF por videoconferência, com a alegação de que nos autos do processo só existe a versão do Ministério Público.

Amadeu foi ouvido para esclarecimento de cada um dos pontos da denúncia e, após isso, foi encerrada a sessão para que seja marcado o dia para a produção das provas, para que sejam esclarecidas todas as dúvidas do STJD em relação à participação de Amadeu na Operação Cartola.

Data será definida ainda

Com o adiamento do julgamento, uma nova data será definida pelo STJD, porém, a possibilidade é que apenas em 2019 seja realizado o próximo capítulo do julgamento.

PB Esportes com Portal Correio