Após derrota, Campinense dispensa o técnico Nei Junior

Um dia após a derrota para o Treze, por 2 a 0, no Amigão a diretoria do Campinense decidiu demitir o técnico Nei Junior.  Ele comandou o rubro negro em 04 jogos, com duas derrotas e dois empates.

Também deixa o clube o preparador físico Bismarck Colaço. A diretoria definiu que quem comandará o time diante  o Galo da Borborema, sábado, pela partida da volta da final do Paraibano será Hélio Cabral.

Cenário para o jogo da volta

O Galo da Borborema largou em vantagem, já que venceu o confronto de ida  por 2 a 0 e tem o benefício de empate ou perder por um gol de diferença, ainda assim garantindo a conquista do titulo de Campeão Paraibano.

Enquanto isso, a Raposa para levantar a taça precisa vencer por três gols de diferença. Caso o rubro negro vença por uma diferença de dois gols, a decisão será nas penalidades.

 

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem citar a fonte PB Esportes. Textos, fotos, artes e vídeos do PB Esportes estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Deixe um comentário