jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal

Sete atletas são paraibanos integram a delegação do Brasil, nas Olimpídas de Tóquio, no Japão. São eles: Álvaro Filho, na modalidade de vôlei de praia; Jucilene de Lima, no lançamento de dardo e ainda Andressa Morais, no arremesso de disco. Já Matheus Cunha e Santos, estarão em campo tentando trazer medalha no futebol e nos saltos ornamentais, Luana Lira, enquanto que Edival Marques Neto, pelo taekwondo.
 
O principal evento esportivo do mundo terá início no dia 23 de julho e o encerramento marcado para 8 de agosto. O Brasil contará com 308 atletas na delegação. “No meio de mais de 300 atletas, nosso estado tem a felicidade de contar com sete representantes e ainda com chances reais de conseguir medalhas. Disputar uma olimpíada é o ápice da carreira para qualquer atleta, pois é realmente um evento magnífico”, disse José Marco, secretário executivo de Esporte e Lazer, além de medalhista olímpico no vôlei de praia, que disputou duas olimpíadas, em 1996 (Atlanta) e 2000 (Sydney).
 
O gestor também lembrou que entre os paraibanos, há beneficiários do programa Bolsa Esporte, do Governo do Estado. “O jogador Álvaro Filho, que é do vôlei de praia, é um dos mais de 250 paraibanos que são beneficiários deste programa que contribuiu para o engrandecimento do segmento aqui na Paraíba, que é o Bolsa Esporte. O Governo do Estado investe mais de R$ 2,5 milhões no setor”, concluiu José Marco.
 
Paralimpíadas  – Já nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, que ocorrem logo após as Olimpíadas, 22 paraibanos foram convocados para integrarem a delegação do Brasil. Na modalidade de goalball, estarão no Japão, os jogadores Emerson Silva e José Roberto, pela seleção masculina, enquanto que Dailton Freitas e Jonatas Castro, técnico e assistente técnico da seleção feminina. No futebol de cinco, o treinador Fábio Luiz e o assistente Josinaldo Costa, estão confirmados, além do analista técnico, Alexandre Sérgio, do preparador físico Edson Gomes e do fisioterapeuta Harekson Barbosa, bem como os jogadores Damião Robson, Matheus Costa, Luan Lacerda e Jardiel Vieira.
 
No atletismo, está confirmado o nome de Petrúcio Ferreira, considerado o atleta paraolímpico mais rápido do mundo e ainda Cícero Valdiran, Ariosvaldo Fernandes e o treinador Pedro Almeida. No taekwondo, a atual campeã pan-americana Silvana Fernandes e no halterofilismo e judô, os atletas Ailton Andrade e Wilians Silva, respectivamente, enquanto que na natação, Ronystony Cordeiro, como atleta e o enfermeiro da equipe, Adeilton Dantas.
 
“Nas Paralimpíadas, são dez, entre paraatletas e integrantes de comissão técnica, que estão inseridos no benefício do Bolsa Esporte e foram convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro que vão a Tóquio. Sempre eles conseguem mostrar um grande potencial e estaremos na torcida para mais um excelente desempenho dos paraibanos que se superam a cada dia com o objetivo de representar bem o nosso estado”, frisou Jean Azevedo, gerente executivo do Paradesporto da Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
 
O evento acontecerá no período de 24 de agosto a 5 de setembro e a delegação do Brasil contará com 422 pessoas.

Foto: Daniel Lins

PUBLICIDADE

PB Esportes com informações da Secom-PB

PUBLICIDADE