jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal

Com a primeira fase da Série D chegando à reta final, alguns clubes já vivem situações complicadas quando olhamos para a temporada 2022. Equipes tradicionais como o Treze e o Imperatriz correm riscos sérios de não ter calendário nacional na próxima temporada, cenário que já é inevitável para outros times da região.

Para o Treze, a situação é muito complicada. O time de Campina Grande não tem mais chances de ir à segunda fase e, para participar da Quarta Divisão em 2022, não depende apenas de si. Assim, o único cenário de calendário nacional no ano que vem passa diretamente por um acesso duplo no estado, com Campinense e Sousa não se cruzando nos mata-matas e subindo à Série C.

PUBLICIDADE

Nesse caso, além do Treze, o São Paulo Crystal também teria vaga garantida no campeonato. Isso tudo acontece porque o Galo ficou na quinta colocação do Paraibano deste ano, atrás dos classificados Campinense (1º) e Sousa (2º), do Botafogo (que já tem calendário garantido) e, ainda, do Crystal (4º).

Foto: arquivo PB Esportes

PB Esportes com informações de Vitor Aguiar\ NE45

PUBLICIDADE