jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal
Foto: Rafael Melo / Santa Cruz

Fora de casa, o Botafogo-PB poderia ter conseguido mais, porém, fez jogo equilibrado com o Santa Cruz e o duelo acabou empatado em 1 a 1. Cleyton abriu o placar para o Belo, de pênalti, e Eduardo empatou para os donos da casa. Com o resultado, o Alvinegro se classificou para a segunda fase da Série C, na terceira colocação, com 27 pontos. Já o Santa Cruz encerra a Série C com 12 pontos, na lanterna do Grupo A, rebaixado para a Série D.

Com o resultado, o Botafogo terá como adversários no quadrangular do acesso o Paysandu, líder da chave, juntamente com o Ituano e Criciúma, segundo colocado e quarto lugar do Grupo B. Do outro lado, Tombense-MG, Manaus, Novorizontino-SP e Ypiranga-RS duelam para subir.

PUBLICIDADE

Botafogo-PB mais ofensivo e sai na frente

Num jogo onde apenas o Belo ainda almejava algo no campeonato, os visitantes fizeram valer seu intuito, buscando o gol desde o início. Em 13 minutos, o Botafogo-PB já tinha finalizado quatro vezes, sendo duas delas com perigo, obrigando o goleiro Marcão, do Santa Cruz, a trabalhar. Na primeira, aos quatro, Juba chutou e o arqueiro espalmou para escanteio. A segunda, aos nove, foi a vez de Cleyton desperdiçar em batida fraca.

Com pouco poder ofensivo, o Tricolor incomodou pouco o Belo. Arriscou em tentativas de fora da área e desperdiçou as raras tramas que conseguiu para invadir a área. O Botafogo-PB voltou a crescer na reta final e Cleyton foi derrubado dentro da área. Pênalti marcado que o próprio atacante cobrou, deslocando bem Marcão e abrindo o placar.

Santa Cruz cresce e busca empate

O Botafogo-PB buscou ampliar nos primeiros minutos da segunda etapa. Aos oito, Clayton chutou para defesa de Marcão. Aos nove, Tsunami tentou de cabeça, após cobrança de escanteio, e mandou perto da trave. Porém, rolou um “apagão” no Belo. Cedeu espaço ao Santa Cruz e tomou o empate em um vacilo. William Machado errou domínio de bola na intermediária e perdeu a bola para Lelê. O atacante arrancou pela esquerda e cruzou para Léo Gaúcho, que escorou e Eduardo chutou para empatar o jogo.

O duelo ficou bem aberto. As duas equipes encontravam espaço para atacar, contando com a recomposição lenta das defesas. O Belo conseguiu ocupar mais o campo de ataque, mas vinha errando muito no último passe. Acionado no segundo tempo, Luã Lúcio arriscou duas vezes pelo lado esquerdo. Em uma, Rafael Castro cortou de cabeça, e a segunda mandou para fora. Panorama que seguiu até o fim, concretizando o empate no placar.

Ficha do jogo

Santa Cruz (1)

Marcão; Rafael Castro, Breno Calixto (Leonan) e Júnior Sergipano; Tarcísio (Eduardo), Maycon Lucas, João Cardoso (Caetano) e Gilmar; Lelê, Frank (Marcelinho) e Pipico (Léo Gaúcho). Técnico: Roberto Fernandes.

Botafogo-PB (1)

Felipe; Sávio, Daniel Felipe, William Machado e Tsunami; Tinga, Pablo (Amaral) e Clayton (Ederson); Cleyton (Marcos Aurélio), Welton (Gabriel Araújo) e Juba (Luã Lúcio). Técnico: Gérson Gusmão.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE.

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).

Assistentes: Leila Naiara Moreira da Cruz e Lucas Costa Modesto (ambos DF).

Gols: Eduardo, aos 15′ do 2ºT (SCZ);Cleyton, aos 43′ do 1ºT (BOT).

Cartões amarelos: Júnior Sergipano e Maycon Lucas (SCZ); Clayton (BOT).

PB Esportes com informações Klismam Gama \ NE45

PUBLICIDADE