jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal
Foto: redes sociais

O ônibus que transporta os jogadores do Campinense na cidade de Natal-RN foi apedrejado na chegada da delegação ao hotel após o empate sem gols com o América-RN, neste sábado (09), na Arena das Dunas, pela partida de ida do mata-mata do acesso a Série C em 2022.

Campinense e América-RN voltam a se enfrentar no próximo sábado (16), às 17h30 (de Brasília), no estádio Amigão, em Campina Grande-PB, pelo jogo de volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D.

PUBLICIDADE
Foto: Rede Social

Confira abaixo a nota do Campinense sobre o fato ocorrido na capital do Rio Grande do Norte:

NOTA OFICIAL – REPÚDIO

O Campinense vem por meio desta repudiar a agressão sofrida pelo elenco rubro-negro, na noite desse sábado (09), por integrantes de uma torcida organizada do América-RN.

Após a partida, o elenco retornou para o hotel onde estava hospedado, onde iria jantar e retornar ao ônibus para voltar para Campina Grande.

Na saída para o ônibus, nossos jogadores foram surpreendidos com o ônibus apedrejado e alguns membros de uma organizada da equipe potiguar com pedras e garrafas de vidro nas mãos, para agredir nossa delegação.

A delegação recuou, mas eles insistiram no confronto, entraram no saguão do hotel, e os jogadores revidaram com o objetivo de se defender.

Com o suporte da gerência do Hotel, a diretoria conseguiu chamar a Polícia, que conduziu um dos agressores até a Central de Polícia, onde foi registrada uma ocorrência em flagrante do delito cometido contra nossa delegação. Reafirmamos nosso compromisso com a segurança e a integridade de todos os nossos jogadores e colaboradores, por isso, ainda iremos tomar outras medidas cabíveis sobre o ocorrido.

Lamentamos e repudiamos todo e qualquer tipo de agressão.

Esperamos que isso não se repita com nenhuma delegação, afinal, futebol é um espetáculo que proporciona lazer. E que o confronto fique dentro das quatro linhas, e pela classificação.

Diga não a violência!

A Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol também divulgou uma nota de repúdio. Confira abaixo:

PUBLICIDADE