jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal

O Botafogo-PB perdeu uma grande oportunidade de conquistar a primeira vitória no mata-mata do acesso na Série C do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (16), no Heriberto Hulse, o Belo ficou com dois jogadores a mais – com uma das expulsões no início da partida – e mesmo assim empatou por 0x0 com o Criciúma.

Com o segundo empate consecutivo, o Belo subiu para o 3º lugar com dois pontos. No próximo sábado (23), o adversário será o próprio Criciúma, às 19h, no Almeidão. Já o Tigre está na vice-liderança com cinco pontos.

PUBLICIDADE

Vantagem numérica, mas não no placar

A partida começou equilibrada, mas logo com oito minutos o Criciúma teve um jogador expulso. Dudu Vieira recebeu o vermelho por falta em Tsunami e após consulta do árbitro ao VAR. A vantagem numérica, no entanto, não se refletiu tanto no desempenho das equipes em campo.

O Botafogo teve dificuldades para aproveitar esta vantagem. A equipe chegou com perigo apenas aos 26 minutos quando Sávio cruzou e Welton desviou para a defesa de Gustavo. Na reta final, os donos da casa também tiveram uma chance em cobrança de falta de Silvinho que parou em Felipe.

Nova expulsão e sem gols

Na volta do intervalo, o Botafogo-PB teve chances de sair de campo com a vitória. Logo aos sete minutos, Juba tentou de letra após cobrança de falta e a bola foi para fora. Já aos 27, Léo Costa foi expulso e deixou o Criciúma com menos dois jogadores. 

Mas nem assim o Belo balançou as redes. Na reta final, Tinga tentou de fora da área e a bola passou por cima. Nem mesmo a pressão na reta final surtiu efeito e o Botafogo-PB perdeu uma grande chance de vencer a primeira no quadrangular do acesso. 

Ficha do jogo

Criciúma 0
Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Marcel Scalese e Hélder; Léo Costa, Dudu Vieira e Fellipe Mateus; Eduardo, Silvinho e Henan (Hygor). Técnico: Cláudio Tencati.

Botafogo 0
Felipe; Sávio (Clayton), Fred, William Machado e Tsunami; Juninho, Pablo, Tinga, Marcos Aurélio e Cleyton (Juba); Welton. Técnico: Gérson Gusmão.

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma-SC.
Árbitro: Paulo César Zanovelli da Silva (MG).
Assistentes: Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG) e Magno Arantes Lira (MG).
Cartões amarelos: Hélder (Criciúma); Cleyton e Sávio (Botafogo-PB).
Cartão vermelho: Dudu Vieira e Léo Costa (Criciúma).

PB Esportes com informações Clauber Santana\ NE45

PUBLICIDADE