jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal
Foto: João da Paz\ PB Esportes

O torcedor do Campinense vai ter muitas oportunidades para ver o jogos do seu clube ao longo de 2022. No ano que vem, a Raposa entrará em campo pelo menos uma vez a mais do que neste ano, com chances reais de ter sua temporada mais longa desde 2009, quando jogou a Série B.

No pior cenário possível, com eliminação nas primeiras fases de todos os quatro torneios que disputará (Paraibano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série C), o Campinense terá 37 jogos para fazer em 2022, sendo o mesmo número que teve em 2017, também com 37 partidas.

PUBLICIDADE

Nos anos seguintes, sem conseguir participar da fase de grupos da Copa do Nordeste, os rubro-negros viram o seu número de jogos cair para 28, 23 e 29 nos três anos seguintes, voltando a subir apenas neste ano, impulsionado pela boa participação do clube na Série D.

Além de confirmar o acesso, o Campinense vai, agora, brigar pelo título da Quarta Divisão, o que lhe garante uma temporada de 34 jogos, em caso de eliminação na semifinal, ou 36, caso chegue à ultima etapa do torneio.

No ano que vem, a equipe ganha calendário em quase todas as competições que disputa. No Paraibano, o campeonato voltará a contar com 10 equipes, após um ano com apenas 8 times. Com isso, há uma tendência de ampliação do número de jogos, que poderá voltar a ser como era até 2020, com 10 jogos de mínimo e 14, em caso de final.

Na Copa do Nordeste, depois de cinco anos, o time volta à disputa da fase de grupos, garantindo, ao menos, oito jogos a mais no primeiro semestre e com chance de chegar a 12, caso repita o que fez em 2013 e 2016, avançando à final do Regional.

No Campeonato Brasileiro, a promoção também amplia o número mínimos para o time, que é de 14 na Série D e 18 na Série C. Caso avance à segunda fase, esse número já sobe para 24, que é justamente o máximo que o Campinense poderá fazer na atual Quarta Divisão.

Além de tudo isso, o time ainda terá a Copa do Brasil, na qual fez apenas um jogo nas três últimas edições. Agora, o time tem mais uma chance de buscar um avanço à segunda fase da competição, algo que só conseguiu em 2013.

Número de jogos dos últimos anos do Campinense

2009 – 58 jogos (18 PB + 2 Copa do Brasil + 38 Série B)
2010 – 32 jogos (24 PB + 8 Série C)
2011 – 30 jogos (22 PB + 8 Série C)
2012 – 36 jogos (24 PB + 12 Série D)
2013 – 32 jogos (16 PB + 12 Copa do Nordeste + 4 Copa do Brasil)
2014 – 40 jogos (32 PB + 8 Série D)
2015 – 44 jogos (24 PB + 8 Copa do Nordeste + 2 Copa do Brasil + 8 Série D)
2016 – 40 jogos (16 PB + 12 Copa do Nordeste + 2 Copa do Brasil + 10 Série D)
2017 – 37 jogos (20 PB + 8 Copa do Nordeste + 1 Copa do Brasil + 8 Série D)
2018 – 28 jogos (14 PB + 2 Pré-Copa do Nordeste + 12 Série D)
2019 – 23 jogos (14 PB + 2 Pré-Copa do Nordeste + 1 Copa do Brasil + 6 Série D)
2020 – 29 jogos (14 PB + 1 Copa do Brasil + 14 Série D)
2021 – 34-36 jogos (11 PB + 1 Copa do Brasil + 22-24 Série D)
2022 – 37-64 jogos (10-14 PB + 8-12 Copa do Nordeste + 1-12 Copa do Brasil + 18-26 Série C)

PB Esportes com informações de Vitor Aguiar\ NE

PUBLICIDADE