jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
pixbet-publicidade-horizontal

Um dos grandes desafios da nova gestão do Treze é buscar o equilíbrio das contas e gerir os problemas existentes no clube. Conforme exposto na entrevista da última quarta-feira (24), a gestão Olavo Rodrigues recebeu o clube com cerca de 15 milhões em dívidas. Dando sequência ao plano de ações, a nova Executiva agiu rápido e solicitou uma audiência com o desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba.

Estiveram presentes na audiência representando o Galo, o Presidente Olavo Rodrigues, o Presidente do Conselho Deliberativo João Targino, o Vice-Presidente Artur Bolinha, o Diretor Jurídico Dr. Alberto Catão, o Coordenador Jurídico Dr. Allan Queiroz, o Coordenador de Comunicação Eliomar Gouveia e o responsável pela articulação do encontro, o Sr. Ronaldo Leite.

PUBLICIDADE

Na pauta foi apresentada a atual situação do clube e protocolado pleito formal visando o pagamento gradativo das dívidas e a liberação dos bloqueios realizados no CNPJ do Treze Futebol Clube, fruto de ações de anos anteriores.

O objetivo geral do clube é apresentar seu compromisso e desejo em conciliar com o poder judiciário, mostrando que a nova gestão realizou um trabalho profissional de mapeamento das dívidas, levantamento de despesas e passivo no geral. O pleito do clube caminha pela concentração das execuções cíveis em um único processo piloto, o que já ocorre com os processos trabalhistas, de modo que o clube possa desbloquear contas e recursos, destinar determinado percentual de suas receitas para quitar as ações e, consequentemente, conseguir gerir a folha salarial e as obrigações atuais.

PB Esportes com informações Assessoria de Imprensa | Treze FC

PUBLICIDADE