PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
CT do Náutico – Foto: Caio Falcão/Arquivo

O Náutico vai acionar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para ter em campo, diante do Campinense, terça (24), nos Aflitos, dois jogadores que tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em um prazo inferior ao de 14 dias, estabelecido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) como necessário para permitir a liberação dos atletas em competições oficiais da entidade. No caso, o Timbu, que não divulgou o nome dos profissionais que podem desfalcar o time por conta da situação, tenta a liberação ainda nesta segunda (22). 

“Fizemos um requerimento junto ao STJD para pedir a liberação e estamos aguardando a resposta ainda hoje”, disse o vice-presidente jurídico do clube, Roberto Selva. Vale citar que, antes do jogo contra o Íbis, na estreia do Campeonato Pernambucano, o Náutico informou que dois atletas e seis funcionários testaram positivo para Covid-19 – também sem divulgar nomes.

PUBLICIDADE

Na última sexta (21), todos os clubes da Copa do Nordeste enviaram uma nota em conjunto para a CBF, pedindo para que o protocolo só entrasse em ação 15 dias depois da divulgação do novo guia médico. No entanto, o pedido foi negado pela entidade. 

Como a medida é válida apenas para as competições organizadas pela CBF, os jogadores vetados na Copa do Nordeste podem atuar pelo Campeonato Pernambucano.

PB Esportes com informações da FolhaPE

PUBLICIDADE