PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: Guilherme Drovas/Botafogo-PB

Tudo igual. Em partida movimentada, em que cada uma das equipes dominou um tempo, Botafogo-PB e Fortaleza saíram de campo com um ponto cada no Almeidão, em João Pessoa. O Leão abriu o placar com gol de Romarinho no final da primeira etapa, mas não conseguiu segurar o ímpeto do Belo, que empatou a partida na segunda etapa com gol de Leílson.

Com o resultado, o Fortaleza segue na liderança do Grupo A da Copa do Nordeste com nove pontos ganhos. Já o Botafogo-PB agora ocupa a quinta colocação do Grupo B, empatado com Náutico e CRB.

PUBLICIDADE

Na próxima rodada, o Alvinegro da Estrela Vermelha visita o Sport, na próxima quinta-feira (24), às 21h30. O Fortaleza, por sua vez, recebe o Bahia, na Arena Castelão, no sábado, às 17h45.

Belo começa em cima

Jogando em casa, o Botafogo-PB não tomou conhecimento do Fortaleza e partiu para cima do Leão do Pici em busca do primeiro gol, sempre aproveitando a velocidade de Leílson e Nícolas pelas pontas.

A prova da pressão inicial é que nos primeiros 15 minutos, os paraibanos chegaram três vezes com perigo ao gol de Fernando Miguel, em uma delas carimbando o travessão em cabeçada do atacante Leílson.

O Fortaleza, por sua vez, precisou recorrer às faltas para segurar o ímpeto inicial do Alvinegro da Estrela Vermelha. Assim, logo nos primeiros minutos, o Leão do Pici viu o zagueiro Ceballos e o volante Felipe receberem cartões amarelos.

Fortaleza equilibra e aproveita para abrir o placar

A partir da segunda metade da primeira etapa, o Fortaleza passou a controlar melhor o ritmo do jogo, segurando a posse de bola. Porém, mesmo com a melhora, o Botafogo-PB, que passou a utilizar os contragolpes para chegar à área do goleiro Fernando Miguel, continuava mais perigoso.

Contudo, a falta de precisão cobrou a conta aos donos da casa na reta final do primeiro tempo. Após o Botafogo-PB não conseguir ser efetivo, o Fortaleza se utilizou da maior qualidade individual para abrir o placar

Aos 40 minutos, Yago Pikachu arranca pela direita e acerta belo cruzamento para a área. Entre os dois zagueiros do Botafogo-PB, Romarinho sobe mais que a defesa e acerta boa cabeçada para estufar as redes de Luís Carlos e colocar o Tricolor do Pici em vantagem.

Filme parecido

O início da segunda etapa se apresentou bem parecido com os minutos iniciais do primeiro tempo. O Botafogo-PB voltou do intervalo novamente disposto a pressionar o Fortaleza em busca do primeiro gol. Mais uma vez, o Belo criou boas chances nos instantes iniciais, mas não conseguia vazar as redes do goleiro Fernando Miguel.

Porém, aos oito minutos, a história começou a ficar diferente. Em boa jogada pela esquerda, o meia Anderson Paraíba descolou bom cruzamento para encontrar o atacante Leílson. Dessa vez, o camisa 26 chegou em velocidade pela direita e finalizou sem chances para Fernando Miguel.

Leão se solta, mas não marca

Com o gol sofrido, Vojvoda alterou a equipe visando deixar o Fortaleza mais agudo no setor de criação e mais rápido no ataque, acionando Lucas Lima, Depietri e Moisés nas vagas de Matheus Vargas, Landázuri e Romarinho. O treinador do Belo, por sua vez, tentou fortalecer seu meio-campo como resposta, colocando o meia Esquerdinha na vaga de Nícolas.

Com as alterações, o Fortaleza se tornou mais presente no campo de ataque e passou a pressionar o Belo trocando passes no campo de defesa. Enquanto isso, o Botafogo-PB seguia buscando os contra-ataques com a velocidade do atacante Leílson.

Após um jogo de ritmo muito intenso, ambas as equipes sentiram o cansaço nos minutos finais. Assim, a partida acabou caindo de ritmo, sendo muito picotadas com faltas feitas no meio-campo. Apesar do domínio das ações, o Fortaleza não conseguiu mais impor perigo ao gol do Botafogo-PB. Dessa forma, fazendo jus ao equilíbrio das ações, o jogo terminou empatado no Almeidão.

PB Esportes com informações de Yago Mendes\ NE45

PUBLICIDADE