PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: @Luisjuniorcinegra

Depois de abrir o placar ainda no início do primeiro tempo, o Altos aguentou a forte pressão do Campinense, que ainda viu Rafinha ter o pênalti defendido por Marcelo no último lance do jogo, e saiu com uma importante vitória na noite desta quarta-feira, no estádio Lindolfo Monteiro. Os piauienses marcaram com Elielton o gol do magro triunfo, em partida válida pela quinta rodada da Copa do Nordeste.

Esta é a segunda vitória consecutiva do Jacaré no Nordestão. Antes, o time havia vencido o Sergipe por 3 a 1, fora de casa. Contudo, os três pontos somados nesta noite foram os primeiros da ‘era Rabello’, que estreou no comando técnico do clube do Piauí.

PUBLICIDADE

Com mais um triunfo anotado, o Alviverde retorna ao G4 do grupo B, com sete pontos somados. O Rubro-negro, por sua vez, permanece na sexta posição e vem em queda na competição – nas últimas três partidas, a Raposa anotou duas derrotas e um empate, diante do CRB -, sem mencionar que, até aqui, os paraibanos sequer conquistaram a primeira vitória na Copa do Nordeste.

Na próxima rodada, o Altos vai encarar o Globo, fora de casa, no domingo, às 16h, enquanto o Campinense volta ao Amigão e pega o Sousa, no sábado, às 19h.

Confira a ficha técnica do jogo:

Altos-PI 1×0 Campinense
Copa do Nordeste 2022 – 5ª rodada
Data: 16/02/2022 (quarta)
Local: Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina-PI
Público: 
Renda: R$

Arbitragem:

Árbitro: Raimundo Rodrigues de Oliveira Junior – CE

Assistentes: Jose Moracy de Sousa E Silva – CE e Zaqueu Eleuterio Linhares – CE

Gols:

Altos: Elielton (12’\1º T)

Campinense: não marcou

Cartão Amarelo:

Altos: Jarbas, Júlio Ferrari e Alexandre;

Campinense: Serginho Paulista e Emerson

Cartão Vermelho:

Altos: não levou;

Campinense: não levou

Altos-PI

Marcelo, João Carlos (Mosquito), Lucas Sousa, Vinicius, Dieyson (Júlio Ferrari), Jarbas, Alexandre, Elielton (Danilo Bala), Manoel(Dico), Diego Viana e Betinho. Técnico: Carlos Rabello

Campinense

Mauro Iguatu; Felipinho, Cleiton, Christian (Michel), Emerson, Juninho (Serginho Paulista); Rafinha, Dione; Matheus Régis (Alan Francisco), Iago Silva (Juninho Potiguar) e Olávio. Técnico: Fabricio Tavares.

PUBLICIDADE