PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: Guilherme Drovas

Medindo forças em partida válida pela 1ª rodada da Copa do Nordeste, Botafogo-PB e Sergipe entraram em campo na noite desta quarta-feira, no estádio Almeidão, em Campina Grande. E quem se deu melhor foi o Belo. Com gols marcador por Adilson Bahia (2x) e Anderson Paraíba, o time da casa garantiu o triunfo por 3 a 0 que o fez subir na classificação.

Com o resultado, a equipe comandada por Gerson Gusmão chegou aos 11 pontos, pulando para a terceira colocação do Grupo B, enquanto o time comandado por Daniel Neri, por conta do tropeço fora de casa, acabou estacionando na lanterna com apenas um ponto, porém do Grupo A.

PUBLICIDADE

BOM INÍCIO DO BOTAFOGO QUE ABRE A CONTAGEM

Fazendo valer o fator casa, a equipe do Botafogo, buscando uma vaga entre os líderes de seu grupo, tratou de ir para cima do Sergipe na expectativa de abrir a contagem nos primeiros movimentos. Entretanto, até os 12 minutos, apesar de ficar mais com a posse de bola, criou apenas uma chance com Nicolas, mas sem sucesso na investida.

Até que aos 14, o Belo finalmente conseguiu tirar o zero do marcador. Após penalidade marcada sobre Adilson Bahia, ao ser derrubado por Ewerthon Ageu na área, o próprio cobrou e, sem chances para o goleiro Kennedy, marcou o primeiro.

SERGIPE SE COMPLICA APÓS O GOL SOFRIDO

Buscando o empate na sequência, a equipe visitante ainda teve uma baixa momentos depois. Após uma falta dura em Erick, Elivelton acabou sendo expulso o que gerou muita reclamação contra o árbitro. Com isso, os mandantes, aproveitando o momento, passaram a pressionar o adversário na expectativa de aumentar a vantagem.

Apesar disso, poucas foram as chances criadas pelo Belo, já que o sistema defensivo do Gipão mostrava-se atento a qualquer investida rival segurando o empate sem gols até o término da etapa.

BELO AUMENTA O PLACAR

Buscando resolver a situação logo no início do segundo tempo, o técnico Daniel Gusmão então promoveu duas trocas no intervalo. E se deu bem. Ganhando ofensividade, aos 9 minutos, Anderson Paraíba, após dominar a bola, mandou uma bomba no ângulo do goleiro Kennedy fazendo 2 a 0.

EQUIPE MANDANTE FECHA A CONTA

Além da vantagem numérica em campo, o Botafogo pouco permitia que o Sergipe conseguisse chegar ao seu campo de ataque. Com mais algumas trocas, desta vez por ambos os lados, o Belo marcou mais um, outra vez de pênalti, desta vez sofrido Gabriel Rangel após ser puxado por Gilmar. Na cobrança, Adilson Bahia, que já havia deixado o dele, balançou novamente a rede rival, segurando o resultado até o apito final do árbitro.

PB Esportes com informações do Lance!

PUBLICIDADE