PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
Foto: Divulgação Unifacisa

Campina Grande se prepara para fazer história no estado mais uma vez, isso porque através da Unifacisa, a cidade do Maior São João do Mundo e a Capital Nordestina do Basquete, recebe neste fim de semana uma das principais competições de basquete da América Latina, a Liga Sul-Americana de Basquete, entre os dias 21 a 23 de outubro.

Organizada pela Confederação Sul-Americana de Basquete, a CONSUBASQUET, a Liga Sul-Americana é um competição internacional de basquete, que reúne alguns dos principais clubes da América do Sul. Organizada anualmente desde 1996, está é a primeira vez que uma etapa da competição é sediada fora do eixo sul e sudeste do país.

PUBLICIDADE

Ao longo destes 26 anos de competição, equipes brasileiras e argentinas vêm se revezando na conquista do título, ao todo foram 12 títulos para os argentinos, 11 para os brasileiros e apenas um para uma equipe venezuelana, com o Botafogo sendo o atual campeão da competição. 

O sistema de disputa da competição é um pouco diferente. Na primeira fase, 16 times são divididos em quatro grupos (A, B, C, e D). Cada grupo acontece em uma sede diferente, o grupo D, da Unifacisa, será em Campina Grande, na Arena. Os quatro times de cada grupo se enfrentam em uma maratona de três dias seguidos de jogos, todos se enfrentam entre si.

Os dois melhores de cada grupo avançam para a próxima etapa. Na segunda fase, os oito times restantes se enfrentam através do chaveamento olímpico, o primeiro do grupo A enfrenta o segundo do grupo B, o mesmo vale para os grupos C e D. Toda a segunda etapa acontece no formato de mata-mata, os vencedores do confronto das oitavas-de-final, seguem diretamente para a semifinal, já os perdedores se reúnem em um outro chaveamento e se enfrentam, os vencedores destes confrontos seguem para a semifinal, formando os quatro melhores times da competição e após a semi teremos a grande final. 

Mas esta não é a única diferença da competição com o NBB, a Arena também está sendo preparada especialmente para a Sul-Americana, com placas de LED, novos adesivos de quadra, iluminação e até mesmo a bola será diferente, uma estrutura completa que atende a todos os padrões FIBA.

PB Esportes com informações da Ascom\Unifacisa

PUBLICIDADE