PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
Foto: Gabriell Tayane/Unifacisa

De volta ao NBB, o basquete Unifacisa entrou em quadra na noite deste sábado, no Clube Campestre, para receber o São Paulo pela oitava rodada do primeiro turno da liga nacional. O time paraibano teve peças importantes no departamento médico esta noite. Fábio Alexandrino e Sebastian Vega desfalcaram a equipe após testarem positivo para Covid-19. Gerson, ainda em recuperação, e André Goés, com uma lesão muscular na coxa esquerda, também não entraram em quadra. Apesar das ausências, a Unifacisa teve um bom ritmo durante grande parte da partida, principalmente no primeiro tempo, mas acabou sentindo no terceiro quarto e o São Paulo soube aproveitar o momento para construir vantagem e vencer o jogo pelo placar de 82 a 73.

Os destaques da Unifacisa ficaram por conta de Trevor Gaskins com 19 pontos, 8 assistências e 24 de eficiência. Antônio com 19 pontos e 2 rebotes. Jimmy com 11 pontos, 3 rebotes e 1 assistência, seguidos por Corvalán com 10 pontos, 5 rebotes e 1 assistência. 

PUBLICIDADE

A Unifacisa embarca ainda hoje para o interior de São Paulo, para encarar o Bauru na próxima terça-feira, 13, às 20h, no Ginásio Panela de Pressão. A partida terá transmissão ao vivo pela ESPN. 

O Jogo

A Unifacisa abriu o placar já nos primeiros 20 segundos de partida, após boa jogada de Jimmy para dois pontos. Mas, a sequência não foi boa para o time paraibano, que esbarrou em uma boa defesa da equipe paulista, desarmando a Unifacisa em algumas oportunidades no momento da finalização das jogadas. Enquanto isso, as ações do São Paulo passaram pelas mãos da dupla de amadores, Elinho e Bennet, que exploraram os arremessos intermediários para pontuar do lado tricolor.  A resposta da Unifacisa veio com Trevor Gaskins, convertendo para 3 pontos e servindo bem os seus companheiros, mantendo o time de Campina Grande encostado no placar, com a parcial de 23 a 18 para o São Paulo.

A Unifacisa encontrou uma maior regularidade defensiva no segundo período, forçando uma sequência de erros do time paulista. No ataque, Gaskins manteve a boa atuação, com uma leitura de jogo ainda melhor que na primeira etapa. Antônio também foi bem acionado, anotando 6 pontos e Jimmy converteu mais uma de 3 para uma vitória da Unifacisa no segundo período por 16 a 13. 

A Unifacisa não voltou do vestiário com a mesma pressão defensiva que aplicou durante o primeiro tempo e viu o São Paulo anotar uma parcial de 12 a 5 na metade do período. Elinho foi o nome do lado paulista, anotando 8 pontos com boas leituras ofensivas. No ataque, o aproveitamento da Unifacisa também ficou abaixo do ideal e a equipe tricolor aproveitou o momento para construir a primeira vantagem da partida, vencendo o terceiro quarto por 26 a 9.

A Unifacisa entrou melhor no período final, a defesa fez um bom trabalho limitando o time paulista a 6 pontos até a metade do período. No ataque Antônio e Gaskins chamaram a responsabilidade e foram responsáveis por quase todos os pontos da equipe paraibana no quarto final, juntos somaram 23 dos 30 pontos anotados pela equipe no período. Mas o São Paulo também contou com a experiência de Tyrone na reta final da partida, que encontrou jogadas importantes para conter o ímpeto da reação do time de Campina, assegurando a vitória para o São Paulo pelo placar final de 82 a 73.

“Jogamos um terceiro quarto abaixo tanto defensivamente como ofensivamente, sabemos que o São Paulo é uma equipe muito qualificada, tiveram um grande aproveitamento, tiveram os méritos deles e sabemos que em jogos desse nível é importante se manter próximo no placar o tempo todo para ter chances de buscar a vitória, principalmente quando se joga com uma rotação mais curta como acabamos tendo que jogar hoje. E quando deixamos os jogos assim escapar do controle, fica muito difícil de buscar o placar. Claro que não estamos em uma situação que gostaríamos, mas a nossa torcida pode ter certeza que vamos seguir trabalhando duro para evoluir e melhorar cada vez mais”, comentou o armador da Unifacisa, Cauê Verzola.

PB Esportes com informações da Ascom\Unifacisa

PUBLICIDADE