PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
Foto: Cristiano Santos / Botafogo da Paraíba

Horas após anunciar a demissão de Moisés Egert, o Botafogo-PB já tem um novo treinador para a sequência da temporada. O experiente Francisco Diá retorna ao comando do clube depois de 12 anos da última passagem.

O anúncio da contratação de Francisco Diá veio no início desta tarde, pouco menos de 8h depois do comunicado sobre a demissão de Moisés Egert, desligado após o empate do Belo com o Treze, no Campeonato Paraibano.

PUBLICIDADE

Hoje, o Botafogo-PB vive uma sequência de três empates nas três rodadas iniciais do Estadual – contra Sousa, Campinense e Treze. Antes, o time tinha eliminado o Retrô na 1ª fase do pré-Nordestão, nos pênaltis, mas caído para o Santa Cruz na fase decisiva.

Assim, Francisco Diá precisa reverter o início ruim no Estadual para garantir a vaga do clube nas edições 2023 das copas do Nordeste e do Brasil. Isso também marca o seu retorno à Maravilha do Contorno, onde trabalhou entre 2010 e 2011.

A carreira de Diá

Aos 67 anos, o treinador potiguar tem uma longa carreira no futebol nordestino, começando no Força e Luz, em 1995. Desde então, ele passou por times da região, como ABC, Alecrim, Santa Cruz, América-RN, Icasa, ASA, Campinense, Altos, Sampaio Corrêa e Ferroviário.

Mesmo com quase 30 anos de carreira, ele teve apenas seis desafios fora do Nordeste: Penapolense-SP (1997), Mogi Mirim-SP (2010), Grêmio Barueri (2013), Nacional-AM, Oeste-SP (2014) e Pouso Alegre-MG (2022).

No último ano, o treinador passou por Juazeirense, Pouso Alegre, Altos e Ferroviário, mas durou pouco em cada uma dessas equipes e não conseguiu evitar o rebaixamento coral ao fim da Série C.

PB Esportes com informações de Vitor Aguiar\NE45

PUBLICIDADE