Foto: Gabriella Tayane/Unifacisa.
AnyConv.com__APOIE NOSSO TRABALHO (1)
PUBLICIDADE-JARBAS (2)
Sebastião
PROJETO-GILNEY-2
Foto: Gabriella Tayane/Unifacisa.

A melhor torcida do NBB lotou a Arena para apoiar a Unifacisa no jogo 1 das oitavas de final contra o Corinthians, na noite desta quarta-feira, em Campina Grande. Além da energia vinda das arquibancadas, a equipe paraibana fez um grande jogo, que beirou a perfeição e contou com excelentes atuações individuais no ataque e um bom jogo coletivo na defesa para vencer a partida pelo placar de 95 a 77.

Com o resultado a Unifacisa abre 1 a 0 na série, além de manter o tabu de nunca ter perdido para o Corinthians jogando na Arena. Os destaques da partida ficaram por conta de André Góes, cestinha da partida com 26 pontos, 5 rebotes, 3 assistências e 27 de eficiência. Gerson, com 15 pontos, 3 rebotes e 16 de eficiência. Trevor Gaskins, com 14 pontos, 5 rebotes e 3 assistências. Facundo Corvalán, marcando 13 pontos, 5 rebotes e 15 de eficiência. Antônio, com 12 pontos, 3 rebotes e 3 assistências, seguido por Jimmy, com 10 pontos, 4 rebotes e 3 assistências.

PUBLICIDADE

Com essa vitória, a Unifacisa larga na frente na série melhor de três jogos das oitavas de final do NBB e está a uma vitória da classificação para as quartas de final. O segundo jogo da série está marcado para o próximo sábado, 22, às 18h, no Ginásio Wlamir Marques, em São Paulo. A partida terá transmissão ao vivo pela ESPN.

O jogo

1º quarto – Unifacisa 29 x 13 Corinthians

A Unifacisa teve um excelente início de partida e foi a primeira a tirar o zero do placar, já nos primeiros segundos do jogo, com boa jogada de Gerson dentro da área pintada. E foi dentro do garrafão que a equipe encontrou uma bom ritmo ofensivo, com o bom trabalho de seu pivô, mas principalmente do capitão André Góes que puxou o ataque. Com boas infiltrações, o ala-armador da Unifacisa forçou faltas e quebrou a defesa adversária anotando 12 pontos no período. Na defesa a equipe de Campina Grande fez um bom trabalho protegendo a sua cesta e foi superior nos rebotes, forçando o Corinthians a arriscar da linha de 3 pontos onde tiveram um aproveitamento de 37,5%. Com o bom desempenho defensivo, a Unifacisa ficou mais à vontade para ditar o ritmo do jogo e abrir vantagem.

2º quarto – Unifacisa 23 x 19 Corinthians

A Unifacisa manteve o forte nível da marcação no segundo período e vendeu caro os pontos que sofreu, forçando o Corinthians a buscar a linha de lance livre para pontuar. Superior nos rebotes novamente, a equipe anotou bons pontos de segunda oportunidade, além de manter a produção ofensiva dentro do garrafão. Com a entrada de Trevor Gaskins o time de Campina também conseguiu explorar o jogo do perímetro, onde tiveram 66% de aproveitamento, com o armador panamenho marcando duas vezes para 3 pontos. Após imprimir um volume tão forte durante boa parte do primeiro tempo, era natural que a equipe paraibana diminuísse o ritmo na reta final do período, mas mesmo assim a Unifacisa se manteve à frente durante todo o quarto, mantendo uma boa vantagem no intervalo.

3º quarto – Unifacisa 20 x 25 Corinthians

O terceiro quarto foi marcado pelo equilíbrio. O Corinthians voltou do vestiário buscando aumentar o volume ofensivo jogando em transição, a estratégia deu certo e a equipe conseguiu subir o aproveitamento contra a forte defesa paraibana, convertendo 50% dos seus arremessos de quadra. Mas a Unifacisa não ficou atrás, a equipe usou toda a sua experiência, trabalhou bem a bola e fez uma boa seleção de arremessos, convertendo 64% dos lances de quadra, trocando cestas com o adversário para manter a vantagem no placar.

4º quarto – Unifacisa 23 x 20 Corinthians

No período final a Unifacisa não demorou muito para matar o jogo. A equipe voltou a ter a mesma eficiência defensiva do primeiro tempo, anulando qualquer chance de reação do adversário na partida. No ataque o time foi decisivo, Facundo Corvalán entrou muito bem na partida e foi perfeito do perímetro, convertendo todos os arremessos que tentou, anotando 11 pontos. Com o bom trabalho tanto individual quanto coletivo de seus jogadores, a Unifacisa fechou uma atuação dominante pelo placar de 95 a 77. 

“Depois de uma temporada regular de altos e baixos a gente fez uma preparação pensando nos Playoff’s e nesses confrontos contra o Corinthians. Nós nos dedicamos muito durante essa preparação, até porque a gente sabe da qualidade da outra equipe, e acredito que essa dedicação pôde ser vista dentro de quadra na noite de hoje. Além disso, conseguimos colocar em prática nosso plano de jogo e somado com as qualidades da nossa equipe saímos com a vitória. Agora nós temos duas partidas em São Paulo para conquistar uma vitória, sabemos que não será fácil, mas temos ciência do que precisa ser feito para vencer, já ganhamos lá durante a temporada regular e se repetirmos a atuação que tivemos no jogo de hoje, vamos sair de lá com a classificação”, comentou o pivô da Unifacisa, Gerson.

PB Esportes com informações da Ascom\Unifacisa

PUBLICIDADE