Foto: Cristiano Santos/Botafogo-PB
AnyConv.com__APOIE NOSSO TRABALHO (1)
PUBLICIDADE-JARBAS (2)
Sebastião
PROJETO-GILNEY-2

Com três gols marcados nos dois primeiros jogos na Série C do Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem demonstrando um DNA mais ofensivo agora sob o comando do técnico Evaristo Piza. Essa melhora no setor de criação vem sendo elogiada pelo elenco do Belo, que está satisfeito com a metodologia de trabalho desenvolvida pelo novo treinador.

Com média de 1,5 gols por jogo, Evaristo Piza já dobrou a média de tentos da equipe em relação ao seu antecessor. Com Moacir Júnior, o Belo entrou em campo 12 vezes e só conseguiu marcar nove gols, o que representa 0,75 gols por partida. Neste período, foram apenas três vitórias, sete empates e duas derrotas.

PUBLICIDADE

Além dos números, o sistema de jogo mais ofensivo é visto nas escalações. Enquanto Moacir costumava montar a equipe com três volantes e um zagueiro de origem improvisado na lateral-esquerda, Evaristo encarou o Floresta-CE na vitória por 2 a 1 estreia da Série C com dois volantes que buscam mais o jogo (Thallyson e Edmundo) e com Warley Jr. e Bruno Leite dividindo a responsabilidade na criação das jogadas.

Já no empate em 1 a 1 com o Caxias, no último domingo (28) no Almeidão, Piza optou por iniciar o jogo com três atacantes (Will Viana, Gabriel Lima e Pipico) e apenas Bruno Leite na criação. A vitória não veio, mas o time saiu atrás no placar e seguiu buscando a virada até o final da partida.

“O Piza chegou e fez as mudanças que eram necessárias. A gente tem conseguido se adaptar muito rápido e nosso primeiro jogo contra o Floresta foi muito bom. Eu, particularmente, estou procurando me adaptar e ouvir bastante, já que ele é um treinador muito vitorioso e respeitado aqui no Botafogo. Não só eu, mas todos os meus companheiros estão tentando assimilar tudo o que ele nos passa para reproduzirmos nos jogos”, destacou o meia Bruno Leite, que foi titular nos dois jogos da Série C e marcou um gol.

Outro atleta que está animado com a nova fase é o lateral-esquerdo Evandro. Após figurar entre os reservas no início da temporada, o camisa 16 ganhou a titularidade com Piza e iniciou bem a Série C. O defensor, inclusive, deu uma assistência para o gol de Bruno Leite na vitória sobre o Floresta.

“No começo quando eu cheguei, eu tive um pouco de dificuldade. Não conhecia muitos jogadores do elenco. Agora com o novo comandante, a gente tem uma forma de jogar de mais controle da bola, de ser mais ofensivo. Todo jogador prefere ser mais ofensivo, ter mais a bola. Com apenas 15 dias, nossa equipe mudou bastante. Estamos conseguindo transferir do treino para o jogo o que o Piza passa para a gente”, avaliou.

Com quatro pontos, o Alvinegro da Estrela Vermelha ocupa a sétima colocação na Série C. Na tarde desta quinta-feira (2), o grupo realiza um treinamento no Estádio Almeidão, palco da partida contra o Remo-PA, no domingo (5), pela 3ª rodada da competição nacional.

PB Esportes com informações da Ascom\Botafogo

PUBLICIDADE