PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
jhony-bezerra-publicidade2

A ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Delaide Miranda Arantes concedeu na tarde desta sexta-feira (7), um habeas corpus com pedido de liminar em favor de Marcelinho Paraíba e em face da decisão proferida pelo desembargador Wolney de Macedo do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região.

Na decisão, a ministra deferiu o pedido, autorizando o jogador a exercer livremente a sua profissão participando de jogos e treinamentos em qualquer localidade e para qualquer empregador, conforme sua livre escolha.

A advogada do Internacional de Lages, Liliane Rossi disse que clube irá se manifestará em breve e vai interpor os recursos cabíveis.

Em entrevista ao PB Esportes, o advogado do Treze, Luis Artur Sabino deu mais informações sobre essa decisão do TST. Ele falou também sobre a possibilidade de venda do estádio Presidente Vargas.


Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem citar a fonte PB Esportes.
Textos, fotos, artes e vídeos do PB Esportes estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.
PB Esportes – Há 5 anos fazendo a melhor cobertura com credibilidade. #EuMeLigo #No #PBEsportes5anos!