PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
jhony-bezerra-publicidade2

Marcelinho Paraíba está novamente livre. O jogador do Treze-PB teve o mandado de prisão revogado nesta quarta-feira (30) pelo juiz Cláudio Pinto Lopes, da Vara da Família de Campina Grande, após quitar o pagamento da pensão após quitar o pagamento da pensão alimentícia para o filho de nove anos. “A gente pagou e o juiz já decidiu dar a dívida como quitada, revogando de imediato o mandado de prisão”, confirmou o advogado de Marcelinho Paraíba,  Afonso Vilar, em entrevista ao UOL Esporte.

O jogador de 43 anos teve prisão determinada pela Justiça no último dia 11, por atraso no pagamento de pensão alimentícia. Depois disso, Marcelinho não foi mais visto e ficou fora das atividades de sua equipe, que atualmente disputa a Série D do Campeonato Brasileiro. Marcelinho Paraíba está afastado dos treinamentos do Treze-PB desde o último dia 17.

Com a revogação do mandado de prisão, Marcelinho voltou às atividades na tarde desta quinta-feira (31). Mas apesar do retorno aos treinos, Marcelinho ainda deve desfalcar o Treze-PB no jogo deste domingo (3), pela segunda fase da Série D, uma antes das oitavas. O time da Paraíba encara o URT-MG, em Minas Gerais, no primeiro jogo entre as equipes.

Confira abaixo a entrevista coletiva concedida pelo meia Marcelinho Paraíba e o seu advogado Afonso Vilar na sala de imprensa do estádio Presidente Vargas na tarde desta quinta-feira.

PB Esportes com UOL