jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal

Com certeza o lance mais debatido nesta quinta-feira (10) será o gol anulado do São Paulo-PB contra o Sport Lagoa Seca, na noite da última quarta (9), no Amigão, no jogo de ida da final do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão.

Após o pênalti marcado pelo arbitro Tiago Ramos, o atacante Biro Biro marcou o gol, porém a arbitragem viu irregularidade na cobrança. O juiz deu tiro livre indireto para o Sport-PB por entender que jogador da Águia invadiu a área na cobrança de pênalti.

O diretor executivo da Águia, Eduardo Araújo concedeu entrevista ao PB Esportes irritadíssimo com o gol de pênalti anulado do time. A reportagem do portal também entrevistou o presidente da Comissão Estadual de Arbitragem, Arthur Alves sobre essa situação até então inédita no futebol paraibano.