PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
jhony-bezerra-publicidade2

A negociação foi rápida e pegou a todos de surpresa. O multicampeão lateral-direito Léo Moura, ex-Grêmio, atuará no futebol paraibano em 2020. A primeira conversa entre a direção do clube e o jogador ocorreu na semana passada, no Recife.

O ambicioso projeto agradou ao lateral e aos seus empresários, e nesta segunda-feira (27), ocorreu o acerto. O Botafogo-PB é o atual tricampeão paraibano, foi vice-campeão da Copa do Nordeste em 2019 e sonha com o acesso à Série B desde 2014. Léo Moura é considerado fundamental no projeto de colocar o clube na segunda divisão do futebol nacional. A atual diretoria estabeleceu como meta, sempre que possível, contar com um jogador “medalhão” no elenco. O último foi Marcos Aurélio, ex-Inter. O patamar salarial da equipe é de R$ 30 mil, mas são poucos os atletas que atingem este número. Léo Moura será um deles.

Por trás da chegada de Léo Moura está um ambicioso projeto que visa aumentar o número de associados do clube. Até o acerto com o lateral, o Botafogo-PB contava com quase 3 mil sócios em dia. A meta é que a chegada de Léo Moura possa elevar o número para 5 mil associados. O anúncio da contratação da sua contratação foi enviado aos sócios do clube via mensagem de texto.

“Do Belo eu Sou: contratado! Recado exclusivo para você, sócio do Belo! Fala, Léo Moura! Obrigado associado do maior da Paraíba! #MoicanoDoBelo”, dizia.

O salário em dia foi um outro atrativo para convencer Léo Moura. O zagueiro Fred, também ex-Grêmio, é outro nome conhecido da torcida gremista que integra o elenco do Botafogo.

Léo Moura jogou até o fim de 2019 no Grêmio. Pelo Tricolor gaúcho, conquistou a Libertadores (2017), a Recopa Sul-Americana (2018) e o Gauchão (2018 e 2019).

Confira abaixo a entrevista coletiva do presidente do Belo, Sergio Meira.

Por FILIPE GAMBA – Gaúcha ZH

Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS