jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO

Esta terça-feira (28) foi de reunião por videoconferência entre a diretoria da CBF e as federações estaduais. E a entidade fez uma sugestão: que as filiadas viabilizem o retorno dos torneios locais para o dia 17 de maio, um domingo.

Segundo o jornal “O Globo”, Rogério Caboclo, presidente da CBF, sabe que o cenário tende a não ser o mesmo em todos os estados, levando em consideração a disseminação do coronavírus e como as autoridades locais estão tratando a pandemia.

A CBF faz questão de deixar claro que não tem nenhum poder de impor algo, cabendo às autoridades competentes dar o aval para a volta da prática esportiva.

As federações terão autonomia para discutir com os respectivos governadores e prefeitos como seriam os protocolos médicos para viabilizar esse retorno do futebol.

O fato é que entidade sabe da importância de os Estaduais terminarem para que, depois, a Copa do Brasil possa ser retomada e haja espaço para o início do Brasileirão.

O cenário para os torneios nacionais é, naturalmente, mais complexo. Seria necessário, em um primeiro momento, a diminuição no número de casos.

Segundo os dados divulgados no fim desta tarde pelo Ministério da Saúde, o Brasil tem 71.886 casos confirmados de coronavírus, com 5.017 vítimas fatais. Foram registradas 474 mortes apenas nas últimas 24 horas, um recorde.

PB Esportes Onefootball

Foto: Lucas Figueiredo/CBF