jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO

A Coréia do Sul irá retomar seu campeonato nacional de futebol, a K-League, nesta sexta-feira (08). O país, que no início da pandemia foi um dos mais afetados pelo novo coronavírus (covid-19), foi o primeiro a suspender as atividades esportivas e será pioneiro em seu restabelecimento.

Os clubes chegaram em um acordo para que o calendário dos times tivessem 27 jogos ao invés de 38. Todos os jogadores e comissões técnicas das 24 equipes das duas divisões do país também tiveram que testar negativo para COVID-19 para que o torneio conseguisse permissão para ser realizado. As partidas serão sem torcida.

O torneio seguirá uma série de diretrizes rígidas formuladas pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do país. O isolamento social, adotado no cotidiano da população, também será cumprido dentro das quatro linhas. Jogadores estão proibidos de falarem com colegas de equipe, adversários ou árbitros. Apertos de mão, também não serão tolerados.

Todos os envolvidos na realização da partida serão testados para a doença. Equipes que registrarem jogadores infectados terão que ficar de quarentena por, pelo menos, duas semanas. Caso um jogador venha apresentar sintomas ao longo da temporada, ele será removido do elenco, até que o resultado de seu teste seja divulgado. O restante do plantel poderá continuar suas atividades.

PB Esportes com informações do Terra e Lance!

Foto: Internet