jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO

A Associação de Karatê Sport Center (ASKASC) que reúne karatecas da Vila Plínio Lemos e Dojos associados realizou na noite da última sexta-feira, 25, exame de faixa para cerca de 30 atletas. O evento aconteceu na Vila Plínio Lemos e seguiu todos os protocolos de saúde e as medidas de prevenção contra o novo coronavírus.

A Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), da Prefeitura Municipal de Campina Grande, atualmente oferece em parceria com a ASKASC aula de karatê para mais de 100 alunos. As aulas retornaram, mas o professor Antônio Guedes Borges, preocupado com a saúde e a integridade dos alunos, dividiu os atletas em três horários. Também foram feitas restrições às crianças abaixo de 10 anos de idade e também os idosos.

O Karatê da Vila Plínio Lemos conta com atletas que sempre se destacam nos campeonatos que participam. Entre esses atletas estão Breno Guedes, Jorge Lucas Souto Neves e Thayse Freitas, que estão sempre ganhando medalhas em competições regionais e nacionais.

O professor Antônio Guedes Borges, destacou que este exame de faixa, ocorrido neste ano de 2020, ficará marcado na vida dos atletas, dado o momento difícil em que o mundo vive, por conta da pandemia da Covid-19. Ele lembrou que o karatê não é feito apenas de chutes e pancadas, mas que representa uma arte marcial que dá suporte para o praticante refletir e sair de situações adversas.

“Fico muito feliz, pois, nosso projeto, além de formar vários faixas pretas, forma também para a vida, trazendo cidadania e dignidade. Várias pessoas, que por aqui já passaram, conseguiram fazer curso superior e vencer na vida com nosso apoio e incentivo. O projeto norteia, é isso que é muito gratificante para nós”, comentou Antônio Guedes.

Foto: Codecom

PB Esportes com informações da Codecom\PMCG