PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
jhony-bezerra-publicidade2
Graça Tavares é a primeira presidente mulher da história do Campinense Clube. Foto: Samy Oliveira

Em reunião extraordinária do Conselho Deliberativo do Campinense, na noite desta sexta-feira, 04, foi oficializada a deposição da diretoria executiva do clube, encabeçada pelo agora ex-presidente Paulo Gervany, homologando, assim, o pedido dos dirigentes, que haviam posto seus cargos à disposição na última quarta-feira. O vice, Kleber Cabral, também foi retirado de suas funções. Eles estavam à frente do rubro-negro desde junho de 2019.

Deste modo, Graça Tavares, atual presidente do Conselho Deliberativo, assume a direção executiva do clube interinamente. Ela é a primeira mulher na história a ocupar o cargo máximo do executivo da agremiação em seus 105 anos de existência. Danilo Belo ocupará a cadeira de presidente do conselho.

A expectativa é que eleições extraordinárias sejam convocadas, no mais tardar, na primeira quinzena de janeiro, para um mandato tampão, válido até as semanas finais de 2021, quando estão previstas eleições ordinárias. Philipe Cordeiro, atual diretor de comunicação, é visto como um dos possíveis cabeças de chapa. Também é ventilada a hipótese de uma segunda candidatura.