jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal

A Associação Paraibana dos Deficientes Visuais (APADEVI) promoveu na última segunda-feira (12), no Hotel Village Premium, uma entrevista coletiva com campinenses da Seleção Brasileira de Futebol de 5 que representarão o país nas Paralimpíadas de Tóquio 2021.

A principal competição paradesportiva do mundo terá início no dia 24 de agosto e irá até 5 de setembro. Mas as disputas do futebol para deficientes visuais só começam em 29 de agosto, tendo a grande final marcada para o dia 4 de setembro. O Brasil está no grupo ‘A’ ao lado de China, França e Japão, primeiro adversário da seleção canarinha. Até hoje, os brasileiros já disputaram 22 jogos nas Paralimpíadas, com um histórico de 17 vitórias e 5 empates. O detalhe é que somos o único vencedor da medalha de ouro da história desde que o esporte foi incluído na competição, tentando o pentacampeonato este ano.

PUBLICIDADE

Para o técnico da seleção, Fábio Vasconcelos, o fato do Brasil ser o único vencedor dos Jogos não diminui a responsabilidade da equipe: “Muitos apontam nosso time como sendo favorito pra medalha de ouro, mas de nada adianta tamanho favoritismo antes da bola rolar se lá, nas partidas, não mostrarmos que somos realmente melhores”, destacou o comandante.

Na oportunidade da coletiva, além do treinador, também participaram o auxiliar, Josinaldo Costa (Bamba), o goleiro, Matheus Costa e o presidente da APADEVI, Rogério Nunes. “Essa valorização que a Apadevi dá a seleção com esse evento é uma via de mão dupla, já que seleções só existem porque os clubes existem. Só com parcerias como essa que conseguiremos fazer o futebol de 5 crescer de forma sólida no Brasil”, disse Rogério.

Essa será a primeira vez que o goleiro Matheus Costa defenderá as cores brasileiras nos Jogos Paralímpicos. Mesmo já tendo títulos e conquistas individuais pela seleção, o atleta não esconde que estará realizando um sonho de criança. “Quem não sonha em defender o seu país e, ainda por cima, no principal evento esportivo do mundo? Eu sou um privilegiado por estar vivendo essa experiência”. Durante a coletiva também foram expostas medalhas e troféus de conquistas da seleção brasileira e exibidos vídeos de outros paraibanos que estarão representando o Brasil no Japão. Dos 10 atletas convocados para os Jogos, 3 são paraibanos, além de contarmos também com 5 profissionais na comissão técnica.

Comissão técnica e atletas agora terão pela frente uma bateria de treinos antes de embarcarem rumo ao Japão. O local da preparação será o Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo. Lembrando que todos os membros do time já foram vacinados com duas doses seguindo protocolos obrigatórios do Comitê Paralímpico Internacional.

Foto: Daniel Lins

PB Esportes com informações de Gustavo Rovaris\ ASCOM APADEVI

PUBLICIDADE