jhony-bezerra-publicidade2
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
publicidade-horizontal
Foto: Guilherme Drovas

Depois de seis rodadas, o Floresta voltou a vencer na Série C. Contra o líder, Botafogo-PB, em João Pessoa, o time cearense saiu na frente, sofreu o empate, mas, de pênalti, conquistou a vitória por 2 a 1, suficiente para ganhar uma posição, assumindo o sétimo lugar e abrindo cinco pontos sobre a zona de rebaixamento.

O Floresta começou melhor o jogo. Enfrentando um Botafogo com dificuldades na construção e na transição de jogo, o Verdão foi dominante e conseguiu criar melhores oportunidades de gol além de aparecer no ataque mais vezes ao longo do primeiro tempo.

PUBLICIDADE

Aproveitando as dificuldades do adversário, o Floresta trabalhou para encontrar seu jogo e, evoluindo ao longo da etapa, chegou ao gol aos 36, depois de muito pressionar o goleiro Lucas Ferreira. O tento saiu da cabeça de Alisson, que aproveitou o desvio de Daniel no escanteio cobrado por Primão.

Na segunda etapa, o Botafogo buscou melhorar seu jogo e começou a conseguir trabalhar a bola. Ainda assim, o time encontrava dificuldades para ultrapassar a linha defensiva do Floresta.

Se nos primeiros minutos, o Belo até conseguiu algumas jogadas de perigo, a sequência revelou um jogo mais duro, com muitas faltas e cartões. Nesse jogo picotado, o gol de empate saiu de uma bola parada, aos 33, com Tsunami cobrando forte e Clayton aproveitando o rebote de Tony para marcar.

A resposta imediata do Floresta poderia ter sido a bola na trave de Deysinho aos 35, mas, logo no minuto seguinte, Juba acertou com a mão na bola e Fábio Alves, ex-Botafogo, cobrou o pênalti para devolver o tento na bola parada e fechar o placar.

Agora, o Floresta volta a campo às 19h do sábado, contra o Paysandu, na Curuzu. Para o Botafogo, o confronto da próxima rodada é contra o Altos, no Albertão, às 16h do domingo.

Foto: Guilherme Drovas

PB Esportes com informações de Vitor Aguiar\ NE45

PUBLICIDADE