PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)

Apenas Ceará e Fortaleza, que mantiveram-se na Série A, serão os integrantes do Nordeste na elite do Brasileirão de 2022. Com os rebaixamentos de Sport e Bahia, e sem nenhum acesso na Segundona, a região terá a menor representatividade na Primeira Divisão dos últimos seis anos.

O ano de 2015 (que teve só um nordestino, o Sport) foi tão fora da curva neste aspecto que, mesmo se ampliar o recorte para a última década, seguirá sendo o único em que houve uma quantidade inferior de integrantes.

PUBLICIDADE

De lá para cá, o Nordeste vinha sendo representado com pelo menos três equipes na elite – de 2018 até 2021, inclusive, foram quatro times, maior número dos pontos corridos.

Este ano, aliás, foi o segundo consecutivo em que nenhum clube da região conquistou o acesso na Série B. Apesar do excelente começo, o Náutico perdeu força e não subiu, enquanto CSA e CRB lutaram até a última rodada, mas também fracassaram – o mesmo ocorreu com o Azulão em 2020.

Fortaleza e Ceará, aliás, não apenas permaneceram na elite, como brigaram na parte de cima da classificação, sobretudo o Leão do Pici, que assegurou vaga na fase de grupos da Taça Libertadores. Já o Vozão, apesar do flerte na reta final com a ‘Liberta’, vai disputar a Copa Sul-Americana.

O Alvinegro, inclusive, na Série A em 2022, vai para a quinta temporada consecutiva na Primeira Divisão, recorde da região nos pontos corridos ao lado de Sport (2014-2018) e Bahia (2017-2021). O Ceará, portanto, poderá ultrapassá-los no ano que vem.

Por fim, a dupla cearense está indo para a sétima participação na elite nacional desde 2003, consolidando-se no top 5 da região neste recorte, atrás de Bahia e Vitória (dez vezes), além do Sport (11 oportunidades).

Times do Nordeste na elite dos pontos corridos

2022: Ceará e Fortaleza
2021: Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport
2020: Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport
2019: Bahia, Ceará, CSA e Fortaleza
2018: Bahia, Ceará, Sport e Vitória
2017: Bahia, Sport e Vitória
2016: Santa Cruz, Sport e Vitória
2015: Sport
2014: Bahia, Vitória e Sport
2013: Bahia, Náutico e Vitória
2012: Bahia, Náutico e Sport
2011: Bahia e Ceará
2010: Ceará e Vitória
2009: Náutico, Sport e Vitória
2008: Náutico e Sport
2007: América-RN, Náutico e Sport
2006: Fortaleza e Santa Cruz
2005: Fortaleza
2004: Vitória
2003: Bahia, Fortaleza e Vitória

PB Esportes com informações Geraldo Rodrigues\ NE45

PUBLICIDADE