PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: pbesportes.net

O ex-presidente do Campinense Clube, William Simões, teve a sua absolvição mantida, em grau de recurso, pelo Tribunal de Justiça da Paraíba. William já tinha sido absolvido em primeiro grau em junho de 2020.

A relatoria do recurso de apelação interposto pelo Ministério Público da Paraíba coube ao Desembargador Ricardo Vital, tendo o TJPB rejeitado o recurso de forma unânime.

PUBLICIDADE

A defesa de William Simões foi realizada pelo advogado Rembrandt Asfora, que comemorou a decisão: “Fez-se justiça, mais uma vez. Decisão acertada do TJPB, a nosso ver. Iremos a partir de agora buscar em ação própria a reversão da decisão da justiça desportiva que baniu William Simões do futebol, com base neste acórdão que ainda será publicado”.

Da decisão cabe recurso pelo Ministério Público da Paraíba.

PUBLICIDADE