PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: pbesportes.net

Tudo igual. Neste domingo, Campinense e Treze fizeram um Clássico dos Maiorais bem disputado, mas não saíram do empate sem gols, no estádio Amigão, em duelo atrasado válido pela quarta rodada do Campeonato Paraibano.

E agora?

Com o resultado, os times se mantém na mesma posição: o Campinense é segundo do grupo B, com sete pontos, enquanto o Treze vem logo atrás, com seis. Na sequência do Estadual, eles voltam a se enfrentar em novo Clássico dos Maiorais, nesta quarta-feira.

PUBLICIDADE

O jogo

As equipes fizeram um primeiro tempo bastante disputado e movimentado, mas prevaleceu o equilíbrio. A Raposa buscou ter a posse de bola e criar, mas esbarrou no sistema defensiva do Galo.

Assim, precisou recorrer às jogadas aéreas e chutes de fora da área. A melhor jogada, porém, saiu em jogada individual de Magno, que avançou pela direita da grande área e chutou forte, com perigo, mas a bola bateu na rede do lado de fora.

Por outro lado, o Treze demonstrou atitude melhor com Marcelinho Paraíba em relação aos últimos jogos, mas foi lento e previsível quando buscou envolver a defesa do Campinense. Desta forma, o lance mais perigoso foi um chute de fora da área de Carlinhos, que Mauro Iguatu fez ótima defesa.

Foto: pbesportes.net

Segundo tempo

Para a etapa complementar, o panorama do clássico seguiu equilibrado, mas mais morno e com menos chances em relação ao primeiro tempo. O Campinense até conseguiu assustar, com Filipe Ramon completando cruzamento na trave, mas estava impedido.

A partir dos 15 minutos, no entanto, o Treze cresceu e conseguiu se impor, rondando a área da Raposa e apostando em jogadas laterais. Mas faltou precisão ao Galo no último toque para conseguir marcar.

Na reta final da partida, voltou a prevalecer o equilíbrio, com o Campinense, enfim, levando perigo a partir de Olávio. Aos 40, ele acionou Cláudio, que dentro da área chutou alto demais. Na sequência, o próprio centroavante recebeu passe em profundidade e saiu cara a cara, mas parou em Luciano Alves. No fim, empate sem gols em um clássico de muita disputa em Campina Grande.

PB Esportes com informações de Geraldo Rodrigues\ NE45

PUBLICIDADE