PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: João da Paz

Campinense é o primeiro time a garantir a classificação direta à semifinal do Paraibano. A confirmação da vaga veio nesta quarta, ao vencer o CSP por 4×2, com hat-trick de Olávio e mais um de Dione, convertendo pênalti. Geovany Soares e Júnior Mandacaru descontaram.

O jogo, em Campina Grande, terminou em felicidade para a Raposa, que não vai precisar passar pelas quartas de final do Estadual, após garantir a 1ª posição do grupo B do torneio. Essa vaga direta, inclusive, era um objetivo do treinador Ranielle Ribeiro, que completou 50 jogos no clube.

PUBLICIDADE

Essa foi a primeira partida do CSP após o clube ser adquirido pelo lusobrasileiro Deco, ex-jogador de CSA, Porto, Barcelona, Chelsea e Fluminense. O ex-meia, que atua como agente, comprou 60% do clube em uma negociação definida horas antes dessa partida.

Foto: João da Paz

Classificação e próximos compromissos

Agora, com esse resultado, o Campinense já está na semifinal do Campeonato Paraibano. Com 19 pontos, o time tem a melhor campanha do Estadual. Com seis pontos a mais que o vice-líder do grupo B, Nacional de Patos, o time já garantiu a 1ª posição da chave e a vaga direta.

Enquanto isso, a derrota do CSP elimina o time e define quem serão os dois classificados às quartas de final do estadual pelo grupo B: Nacional e Treze, principal rival do Campinense, que garante a sua vaga justamente com a vitória da raposa.

Assim, o CSP fecha o grupo B em quarto e não atua mais nesta temporada. Enquanto isso, o Campinense visita o Nacional de Patos às 20h15 deste sábado na rodada final da 1ª fase.

O Jogo

O CSP começou o jogo tentando surpreender o Campinense, que sofreu até para dar sua primeira finalização no jogo. Mas, quando se encontrou no jogo, a Raposa foi beneficiada por um pênalti sobre o artilheiro Olávio. Dione cobrou e abriu o placar aos 32. Três minutos depois, o próprio Olávio apareceu para concluir cruzamento do próprio Dione para o 2×0.

Mas, quando parecia tudo certo para o Campinense, Geovany disparou para mandar um chutaço no cantinho de Camilo aos 41. E, logo depois, aos 45, a defesa raposeira falhou e Júnior Mandacaru aproveitou para deixar tudo igual.

Depois do intervalo, os mandantes aumentaram a pressão e buscaram o gol, que não demoraria a vir. Aos 14, Olávio aproveitou a falha da defesa pessoense para fazer o seu 2º no jogo. E, depois, viria o 3º, com Olávio novamente aproveitando cruzamento de Dione para fechar o placar de cabeça.

PB Esportes com informações de Vitor Aguiar\NE45

PUBLICIDADE