PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
PUBLICIDADE MARE DISTRIBUIDORA HORIZONTAL-min (1)
Foto: MPPB

O coordenador do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), procurador de Justiça Valberto Lira, e os comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros se reuniram, nesta quarta-feira (29/06), para as primeiras tratativas referentes à segurança nos estádios paraibanos para a segunda divisão do Campeonato Paraibano de Futebol deste ano e a primeira divisão de 2023.

De acordo com o procurador Valberto Lira, o Estatuto do Torcedor determina que as entidades responsáveis pela organização das competições esportivas devem apresentar planos de ação referentes a segurança, transporte e contingências que possam ocorrer durante a realização de eventos esportivos. “Vamos cobrar da Federação Paraibana de Futebol esse plano de ação para que possamos discutir juntamente com os órgãos de segurança”.

PUBLICIDADE

O procurador Valberto Lira ressaltou que todas as decisões da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios são tomadas com base em relatórios preparados pelos órgãos de segurança. A primeira reunião do MPPB, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB) será na próxima semana. “O objetivo das visitas aos comandantes da PM e do Corpo de Bombeiros é iniciarmos o diálogo para fazermos um planejamento das vistorias nos estádios de futebol, já visando os campeonatos. Estamos atuando com antecipação para evitar atropelos e para que o não cumpirmento das orbrigações previstas no Estatuto do Torcedor por parte da entidade organizadora dos eventos, a FPF (Federação Paraibana de Futebol), e dos clubes não venha a recair nos ombros das instituições da Comissão Permanente de Prevenção à Violência nos Estádios, no caso, o MPPB, a PM , os Bombeiros e o Crea-PB”, disse.

A primeira reunião ocorreu pela manhã, na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, no Centro de João Pessoa, com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Sérgio Fonseca de Souza. A segunda, foi uma visita realizada no período da tarde pelo representante do MPPB, ao comandante-geral do Corpo de Bombeiros da Paraíba, o coronel Marcelo Augusto de Araújo Bezerra, na sede da corporação, no Jardim Veneza.

O coronel Sérgio Fonseca ressaltou a importância da parceria com o Ministério Público e das ações conjuntas. “São órgãos que trabalham de forma conjunta para oferecer maior segurança a toda a sociedade e, nesse caso específico, aos torcedores para que tenhamos um campeonato paraibano em toda cobertura nas suas praças esportivas. Essa reunião demonstra o zelo que o MP tem com a sociedade. Nessas reuniões sempre procuramos o bem comum da sociedade”.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros também ressaltou a importância da atuação conjunta em prol da segurança dos torcedores e da população, de modo geral. “O Corpo de Bombeiros tem essa parceira com o MP há muitos anos. Nossa Diretoria de Atividades Técnicas fiscaliza os estádios, no que diz respeito aos itens de segurança contra incêndio e pânico. Nós buscamos a segurança dos estádios e dos torcedores. E essa parceria tem sido primordial. O Corpo de Bombeiros tem muito a agradecer ao MP pela forma enérgica e legal com que o MP cobra para que haja segurança nos estádios”, disse.

Lira agradeceu o apoio das duas corporações ao trabalho realizado junto aos estádios para garantir a efetivação do Estatuto do Torcedor (Lei Federal 10.671/2003), a segurança e o bem-estar da população.

PB Esportes com informações da Ascom\MPPB

PUBLICIDADE