PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
Foto: Ascom\MP

O Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudetor) do Ministério Público da Paraíba e a Comissão de Combate a Prevenção e Violência nos Estádios recomendaram, nesta terça-feira (23/08), à Federação Paraibana de Futebol (FPF) que não designe jogos da segunda divisão do Campeonato Paraibano para os estádios Almeidão (João Pessoa), Amigão (Campina Grande), Silvio Porto (Guarabira), Toca do Papão (Sapé) e os dos municípios de Pedras de Fogo e Queimadas, até que sejam sanadas as irregularidades apontadas nos laudos de segurança. 

Nesta terça, foi realizada uma reunião da comissão na sede do MPPB. A reunião foi conduzida pelo coordenador do Nudetor e da comissão, procurador Valberto Lira, e contou com a presença do secretário de Juventude, Esporte e Lazer, Zezinho do Botafogo, e de representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-PB) e FPF.

PUBLICIDADE

O procurador Valberto Lira informou que os estádios de Queimadas e Pedras de Fogo foram reprovados pelo laudo do Corpo de Bombeiros. Já em relação aos demais, todos os anos os gestores assumem o compromisso de sanar as irregularidades apontadas e, depois, não resolvem. “A comissão decidiu por um fim nisso, se não há resposta positiva dos gestores dos estádios, também não haverá da comissão”.

Durante a reunião, o secretário Zezinho do Botafogo sugeriu que os estádios Almeidão e Amigão possam ser utilizados, em parte.. O procurador Valberto Lira disse que a comissão vai avaliar essa possibilidade, uma vez que os projetos já estão em fase final, mas avisou que se forem liberados jogos nos dois estádios serão com restrições, inclusive sem a presença de torcida.

Ainda conforme Valberto Lira, não há a menor condição do campeonato ter início no próximo sábado (27/08), conforme previsto no calendário.

PB Esportes com informações da Ascom\MP-PB

PUBLICIDADE