PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
Foto: Cristiano Santos / Botafogo da Paraíba

Santa Cruz superou o Botafogo-PB na Eliminatória da Copa do Nordeste e está classificado à fase de grupos do Regional. No Arruda, vitória coral por 2×1, com tentos de Michel Douglas e Anderson Ceará, enquanto Lucas Barboza fez o gol botafoguense.

Como fica?

PUBLICIDADE

Com a classificação do Santa Cruz, o Tricolor entra para o grupo B da Copa do Nordeste. Assim, ao longo da 1ª fase os corais têm o clássico com o Sport e também enfrentam Atlético-BA, CRB, Ferroviário, Fluminense-PI, Fortaleza, Sampaio Corrêa e Vitória. O Belo está eliminado.

Agora, o próximo jogo do Santa Cruz será na sua estreia no Campeonato Pernambucano. O Tricolor recebe o Afogados em jogo marcado para as 20h da próxima quinta-feira. O Botafogo também estreia no Estadual no meio da semana, visitando o Sousa às 19h30 da quarta.

1º tempo: Um gol para cada lado

O apito inicial opôs duas propostas de jogo diferentes. De um lado, o Santa Cruz trabalhava a posse de bola, enquanto o Botafogo-PB apostava nas transições de velocidade para chegar ao ataque. E isso rendeu um 1º tempo de jogo aberto e com boas chances para os dois times.

Assim, as finalizações vieram ainda no início. Léo Santos, Leilson e Miullen, pelo Belo; Michel Douglas e Hugo Cabral, no lado coral. A melhor chance foi aos 23, com Renatinho, do Botafogo, passando fácil pela marcação e batendo rasteiro no canto para defesaça de Matheus Inácio.

Mas o gol só sairia aos 30. Em um contra-ataque tricolor pela esquerda, Lucas Barboza bateu cabeça com outro marcador e Michel Douglas apareceu por trás para tocar na saída de Wallace.

Atrás no placar, o Belo aumentou a pressão e conseguiu incomodar mais a defesa do Santa Cruz. E, assim, aos 44, um escanteio batido da direita parou na cabeça do mesmo Lucas Barboza, na entrada da pequena área, para cabecear para o gol de empate.

2º tempo: A vitória coral

Depois do intervalo, o mesmo jogo seguiu aberto como antes. O Belo foi o 1º a levar perigo, mas o gol foi do Santa Cruz. Aos 9, jogada trabalhada na frente da área e Anderson Ceará chegou por trás para encher o pé e ver a bola explodir no travessão e quicar dentro do gol.

E a partir daí, o jogo tomou outra pegada. O Santa Cruz abaixou o as linhas e diminuiu o ritmo do jogo, gastando tempo para atrasar o futebol do Botafogo-PB. Assim, era o Belo que buscava a criação ofensiva em campo e, com isso, conseguia ter mais chances de perigo.

Na melhor, aos 27, outra boa defesa de Matheus Inácio, dessa vez em chute de Igor Goularte. Os mandantes, mais preocupados na boa compostura defensiva, apostavam no contra-ataque e até teve um gol impedido com Dagson. Mas nem assim o placar iria para além do 2×1.

Ficha do jogo

Santa Cruz (2)
Matheus Inácio; Jefferson Feijão, Italo Melo, Alemão e Ian Rodriguez; Daniel Pereira, Arthur Santos (Yan Silva) e Anderson Ceará (Anderson Paulista); Lucas Silva (Gabriel Popó), Hugo Cabral (Dayvid) e Michel Douglas (Dagson). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Botafogo-PB (1)
Wallace; Lucas Mendes, Lucas Barboza, Daciel e Léo Campos; Evandro, Vitor Braga (Tiago Reis) e Renatinho; Rodrigo Fumaça (Igor Goularte), Miullen e Leilson (Davi). Técnico: Moisés Egert.

Local do jogo: Estádio José do Rego Maciel (Arruda), no Recife-PE
Árbitro: Leonilson Fernandes Trigueiro Filho (RN)
Assistentes: Lorival Candido das Flores (RN) e Luis Carlos de Franca Costa (RN)
Gols: Michel Douglas (30’/1ºT | SCZ), Lucas Barboza (44’/1ºT | BOT), Anderson Ceará (9’/2ºT | SCZ)
Cartões amarelos: Arthur Santos, Gabriel Popó (SCZ), Lucas Barboza e Lucas Mendes (BOT)

PB Esportes com informações Vitor Aguiar\NE45

PUBLICIDADE