PUBLICIDADE-HORIZONTAL-SEBASTIAO
FABIO-PUBLICDADE-HORIZONTAL-min
Foto: Mateus Lotif / Fortaleza EC

Uma estreia sem sustos. Atual campeão da Copa do Nordeste, o Fortaleza encarou o Campinense no estádio Presidente Vargas, na capital cearense, e venceu por 2 a 0 em sua estreia na edição 2023 do torneio.

Os gols do jogo foram marcados pelo volante Hércules, nos acréscimos da primeira etapa, e pelo centroavante Silvio Romero, que aproveitou excelente jogada do meia Sammuel. Dessa forma, o Fortaleza mantém a sua invencibilidade no Nordestão que já soma 18 partidas.

PUBLICIDADE

Próximos jogos

O Tricolor do Pici voltará a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Sergipe, novamente no Presidente Vargas, em jogo antecipado pela quinta rodada da Copa do Nordeste. Já o Campinense volta a campo na próxima quarta-feira, pelo Campeonato Paraibano. A Raposa enfrentará o Sousa, 19h30, no interior da Paraíba.

O jogo

Atual campeão do torneio, o Fortaleza estreou em casa diante do Campinense e deu prosseguimento ao seu revezamento no elenco nestes primeiros jogos da temporada 2023. Assim, Titi e Pedro Rocha voltaram ao time titular após jogar contra o Caucaia, na última quarta-feira.

Após a bola rolar, o Leão pareceu estar ansioso para abrir logo o placar ao longo de toda a primeira etapa. Assim, nos primeiros 15 minutos, o Tricolor sufocou a Raposa no seu campo de ataque, sem deixar os visitantes se aventurarem em busca de incomodar o goleiro Fernando Miguel.

Dessa forma, com maior domínio da posse de bola, o Leão até criou chances, mas esbarrou no bom desempenho do goleiro Otávio Passos, que pegou quase tudo na etapa inicial.

O Campinense só conseguiu aliviar a pressão e começar a gostar do jogo a partir dos 30 minutos, quando começou a apresentar seu futebol ofensivo, especialmente pelos lados do campo com os atacantes Ceará e Marcelinho.

O gol do Fortaleza só saiu nos acréscimos da partida. Aos 47, o jovem volante Hércules abriu o placar em sua especialidade: o chute de média distância. Assim, o jogador recebeu bola de Caio Alexandre e arriscou. A bola desviou em Railan e enganou o goleiro Otávio Passos.

Foto: Mateus Lotif / Fortaleza EC

Segundo Tempo

A etapa final começou com um desenho parecido ao que se viu nos primeiros 45 minutos. Em vantagem, o Fortaleza trocava passes no campo de ataque, enquanto o Campinense se fechava em busca de uma oportunidade para contragolpear.

O maior volume do Tricolor logo se converteu em aumento da vantagem. Logo após ser acionado na vaga de Ronald, o meia Sammuel fez boa jogada e deu passe açucarado para Silvio Romero que finalizou sem chances para o goleiro Otávio Passos.

Perdendo por 2 a 0, o Campinense passou a sair mais para o jogo, enquanto o Fortaleza parecia estar satisfeito com o resultado. Contudo, a primeira grande chance raposeira no jogo só aconteceu aos 30 da segunda etapa, quando Railan arriscou de fora, exigindo defesa segura de Fernando Miguel.

Atuando no contra-ataque, o Leão quase marcou o terceiro gol com Zé Welison aos 39 minutos. O volante recebeu boa bola na entrada da área, após boa jogada de Romarinho, e chutou forte para boa defesa do goleiro Otávio Passos.

Dessa forma, sem ser incomodado, o elenco tricolor manteve a vantagem, estreou na Copa do Nordeste conquistando três pontos e manteve sua sequência invicta no torneio regional.

PB Esportes com informações de Yago Mendes\NE45

PUBLICIDADE